Conheça Karimunjawa, um paraíso escondido na ilha de Java, Indonésia

Karimunjawa-Java-Indonesia

 

Karimunjawa é um pequeno arquipélago indonésio que está localizado entre Java e Bornéu. Ele fica a 80 quilômetros de distância de Jepara, uma cidade em Java Central, e é um verdadeiro refúgio para quem quer conhecer um destino ainda não tão divulgado e explorar ilhas isoladas e desertas.

O arquipélago de Karimunjawa está localizado no Mar de Java e é composto por 27 ilhas – no qual boa parte constitui uma reserva marinha – e apenas 5 são habitadas por mais ou menos 10 mil pessoas. Os hotéis e pousadas estão concentrados na maior delas, também chamada Karimunjawa, e lá é possível encontrar opções simples e econômicas, fazer passeios de barco e alugar uma moto para visitar as praias e ir até o sunset point, um lugar que atrai turistas e locais para assistir ao pôr do sol.

Karimunjawa-Java-Indonesia

Mas a melhor opção de hospedagem fica em Menjawakan – uma ilhota com 22 hectares, repleta de palmeiras e circundada por uma barreira de corais que forma uma lagoa bem tranquila – onde o Kura Kura Resort está. Um isolamento estiloso te aguarda nessa ilha remota, onde o conforto de uma casa de praia encontra um ambiente de hotel boutique.

Ao todo são 35 acomodações no resort, sendo 18 vilas de 320 m² com piscina privativa, espreguiçadeiras, gazebo e uma área externa com sofás, ventilador e repleta de buganvília de diversos tons ao redor. As outras propriedades são 2 vilas de 600 m² voltadas para famílias e 15 pequenas casas de 33 m². Ao chegar em uma delas, você recebe uma canga e uma bolsa para utilizar durante a estadia e levar para casa como uma lembrança.

A lagoa que rodeia o hotel tem um tom azul bem claro, areia branca bem fininha e alguns peixinhos também. Entretanto, para fazer snorkeling, a melhor opção é pegar um dos meios de transporte à disposição dos visitantes (stand up paddle e barquinhos) para ir até a plataforma que divide a lagoa e o mar – lá sim você poderá pegar a sua máscara e snorkel para ver o caleidoscópio de cores que só pode ser apreciado de verdade estando debaixo d?água. Mas, se quiser ficar na plataforma apenas relaxando, não tem problema, se acomode em uma das cadeiras e aproveite para deslumbrar-se com as águas do Mar de Java cintilando ao sol.

O pôr do sol que deixa o céu em chamas é muito comum de ser visto no Kura Kura e é melhor apreciado do Sunset Jetty – escolha um drink ou uma água de coco e se admire com esse show composto por uma paleta de cores únicas, que colore todo o horizonte até bem depois da primeira estrela surgir. Durante o espetáculo, a lagoa vira um espelho d?água, refletindo todas as cores do céu, enquanto o sol vai se despedindo e encerrando o dia.

karimunjawa_java_indonesia

Do resort também você também pode fazer excursões de dia inteiro ou meio período – visitar as ilhas próximas é essencial para descobrir praias vazias com formações rochosas diferentes e cenário cheio de vegetação. Nelas você poderá fazer snorkeling ou mergulho com cilindro para admirar os corais e se maravilhar com uma beleza surreal que muitos não esperam encontrar no fundo do mar em Java. De lá você pode ir a Cemara Besar – um atol rodeado por corais e com praias paradisíacas; Menjangan e Ujung Gelam – sendo o primeiro ideal para snorkeling e o segundo uma praia na ilha maior com balanços, warungs (barracas, em indonésio) e palmeiras até dizer chega; e Fish Paradise – um lugar bem próximo do Kura Kura para apreciar o fundo do mar.

karimunjawa_java_indonesia

A administração do hotel é composta por italianos (por isso a maioria dos hóspedes vem do mesmo país) e raramente você escuta outro idioma. Não que seja fácil ouvir outras pessoas – tirando o horário das refeições, quando os hóspedes se juntam no restaurante principal, raramente você os encontra, tendo a sensação de que o local é todo seu. E por falar em refeição, o pacote do Kura Kura é no regime meia pensão, e eles oferecem menu mediterrâneo e asiático.

Além disso, o resort conta outro bar que fica aberto das 11h às 16h; uma estreita praia com areia macia e espreguiçadeiras; e uma academia – que eu, sinceramente, não fiz questão de visitar.

 

Como chegar a Karimunjawa

Chegar a Karimunjawa não é uma tarefa fácil, mas as recompensas dessa aventura são numerosas. A primeira parte da viagem começa com uma viagem até Semarang – é possível chegar até lá voando desde Jacarta, Bali e outros destinos domésticos, assim como voar de Singapura e Kuala Lumpur.

Chegando em Semarang, existem duas opções. A primeira é pegar um voo de 40 minutos que custa US$ 210 até Karimunjawa e, chegando lá, pegar uma lancha por mais 40 minutos até o Kura Kura (ou contratar algum serviço para te levar até a sua hospedagem, caso decida ficar na ilha principal). A segunda opção é, após chegar em Semarang, se dirigir até a vila de Jepara, em uma viagem de carro que dura cerca de 3 horas e passa por estradas empoeiradas e sem charme e custa em torno de 500 mil IDR. A chegada em Jepara é seguida por 2 horas de balsa até Karimunjawa (que custa por volta de 180 mil IDR – assento VIP e com ar-condicionado), acompanhada de 40 minutos de lancha até o Kura Kura (ou outro deslocamento até a estadia escolhida). A equipe do Kura Kura pode organizar todas as suas necessidades de transporte de/para o resort, e até mesmo te acompanhar em parte da jornada para garantir uma chegada tranquila.

Eu fiz os dois trajetos, escolhendo a primeira opção na ida e a segunda na volta e, apesar de ser mais cara, recomendo plenamente a primeira – foi impressionante ver pela janela do avião as ilhotas com aquele mar azul cristalino e os corais de diversas formas lá embaixo.

 

Quando visitar Karimunjawa

A melhor época para visitar Karimunjawa é durante a estação seca, de abril a outubro. Na estação chuvosa, o vento e as ondas tornam inviável a chegada ao arquipélago.

kura-kura-resort-karimunjawa-java-indonesia

 

Minhas dicas para aproveitar o melhor de Karimunjawa

Passe repelente assim que chegar, pois a beleza da ilha é diretamente proporcional à quantidade de mosquitos por lá.

Tenha sempre dinheiro em espécie. Para ter uma noção dos preços fora do Kura Kura, na Ujung Gelam um coco custa 15 mil IDR e uma Bintang (cerveja indonésia) pequena sai por 30 mil IDR.

Eu fiquei hospedada 3 noites no Kura Kura, mas recomendo pelo menos 4. Eles disponibilizam equipamento para snorkeling e botas para entrar na água (que são imprescindíveis), mas nada te impede de levar o seu próprio. E, se você estiver morando na Indonésia e possuir Kitas, aproveite os descontos que eles oferecem para residentes.

Confira outros destinos paradisíacos na Indonésia:

Conheça Kuta Lombok, na Indonésia, e as duas praias mais paradisíacas da região

O que fazer em Labuan Bajo

Roteiro para passar uma semana em Bali

 

POSTS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

1 comentário em “Conheça Karimunjawa, um paraíso escondido na ilha de Java, Indonésia”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

elen-pradera

BEM-VINDO

Eu sou Elen e eu compartilho experiências de viagens - desde lugares para tomar um cafezinho até estadias em hotéis boutique. Estou aqui para te ajudar e orientar no planejamento das suas próximas férias.

kota-tua-jakarta-7546937

GUIA GRATUITO

Quer conhecer Jacarta, a capital da Indonésia? Então, garanta já o seu guia de viagem gratuito com os melhores pontos da cidade.

Destaques

Rolar para cima